Lentes de contato: o que você está fazendo de errado?

27 de setembro de 2018
Lentes de contato

Embora os cuidados necessários para se usar lentes sejam simples, é fácil adotar alguns maus hábitos ao longo do tempo, especialmente na correria do dia a dia. No post de hoje, listamos alguns erros dos mais comuns e por que eles devem ser evitados.

Dormir com lentes de contato

A menos que seu par de lentes seja especificamente projetado para ser utilizado na hora de dormir, lentes de contato devem ser retiradas antes de ir para a cama. Durante a noite, nossas pálpebras são projetadas para fornecer umidade aos olhos, protegendo-os. Se você utilizar suas lentes de contato durante esse período, elas absorverão a umidade, causando irritação e casos de síndrome do olho seco.

Reaproveitar a solução para limpeza

Uma vez que a solução de lentes de contato tenha sido utilizada, ela deve ser descartada imediatamente. Da mesma maneira que você não lava seus pratos em água suja, a solução de lentes de contato usada contém a sujeira e bactérias da noite anterior. Usar lentes de contato que não foram devidamente higienizadas em solução limpa pode levar à infecções oculares sérias e comprometer sua visão.

Usar as lentes durante o banho

Na hora de tomar banho, é importante retirar suas lentes. Como elas são projetadas para absorver a umidade, elas coletam toda a água que atinge os olhos. Infelizmente, a água contém vários componentes que podem ser prejudiciais ao material das lentes, especialmente com exposição prolongada. Isso pode levar causar desconforto e, até mesmo, uma infecção.

Usar as lentes além do tempo recomendado

Todas as lentes de contato têm um tempo de uso recomendado e que nunca deve ser prolongado. Se você usa lentes diárias, semanais ou mensais, manter suas lentes por mais tempo do que o sugerido pode reduzir seriamente a quantidade de umidade que elas podem proporcionar aos olhos. Isto causa secura ocular e aumenta expressivamente o risco de uma infecção.

Limpar as lentes de maneira incorreta

As lentes de contato nunca devem ser colocadas perto da boca ou higienizadas com água da torneira. Embora possa parecer inofensivo, usar a boca para lavar as lentes podem apresentá-las a todos os tipos de bactérias presentes em nossa saliva. No caso da água corrente, embora tratada, a água potável não é estéril nem livre de microrganismos que podem atingir a córnea e causar uma infecção grave.

Armazenar as lentes de maneira incorreta

Tenha sempre o cuidado de manter as lentes dentro do estojo fechado e imersas na solução de limpeza. Além disso, é importante que o estojo das lentes seja sempre lavado com a solução, evitando a proliferação de bactérias.

Não visitar seu oftalmologista regularmente

Se você não fizer exames oftalmológicos regulares, não saberá se as lentes ainda estão adequadas à sua visão, afinal, sua visão pode mudar e exigir uma receita atualizada, assim como acontece com os óculos normais. Além disso, uma consulta regular com seu oftalmologista é uma oportunidade para fazer perguntas e detectar outros problemas saúde, que vão desde diabetes até a catarata.

O Portal da Visão Curitiba é um espaço de compartilhamento de notícias e informações sobre a oftalmologia, oftalmopediatria e assuntos de interesse para a área.

Hospital de Olhos do Paraná
Rua Coronel Dulcídio, 199 - 1º andar
Batel, Curitiba, Paraná
CEP 80.420-170

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER.

Powered by TNBstudio

Entre en contato