Cirurgia Refrativa: Perguntas e respostas

5 de setembro de 2016
cirurgia_refrativa

O que é a Cirurgia Refrativa?

É um procedimento capaz de corrigir os erros refrativos dos olhos, através da aplicação personalizada de laser na córnea. Seguro, é realizado com anestesia local e o procedimento dura poucos minutos.

Quem pode se submeter a cirurgia refrativa?

  • Pacientes com mais de 21 anos;
  • Pacientes que não estejam em tratamento com isotretinoína (Roacutan ®);
  • Pacientes com espessura corneana condizente com o grau a ser corrigido e a técnica a ser empregada;
  • Pessoas com hipermetropia, miopia ou astigmatismo;

PRK ou LASIK?

O PRK é a técnica mais segura para pacientes que tenham córneas mais finas ou irregulares. Nessa técnica, a recuperação é um pouco mais lenta e o retorno à suas atividades demora cerca de uma semana.

Na técnica Lasik há a confecção de um flap que funciona como um curativo natural. A recuperação é rápida mas é contraindicada para esportistas de luta ou esportes com bola.

Qual a melhor técnica?

A escolha da técnica a ser empregada deve ser decidida com o seu cirurgião e leva em conta sua profissão, hobbies, esportes que pratica, possíveis problemas de saúde associados, bem como o grau a ser tratado, a análise dos índices e resultados dos exames oftalmológicos.

Eu tenho ceratocone. Posso me submeter a cirurgia refrativa?

Não. O ceratocone, mesmo que estável, caracteriza uma forma de instabilidade corneana. Toda correção refrativa causa afinamento da córnea e alteração de sua estrutura, o que pode levar a piora do cone (ectasia) após a cirurgia.

Um amigo operou e o grau voltou. Por quê?

Infelizmente no passado havia mais casos como esse. Com a tecnologia que dispomos atualmente é possível avaliar com muita segurança e precisão a chance de ectasia ou retorno do grau. Exames de topografia e tomografia da córnea nos fornecem dados e índices que permitem ao médico a decisão da melhor técnica ou mesmo a contra indicação do procedimento.

Dr. Peter é formado pela Universidade Federal do Paraná e tem especialização em Oftalmologia pelo Hospital de Clínicas do Paraná. É mestre em Oftalmologia e Ciências Visuais pela Universidade Federal de São Paulo. Se aperfeiçoou no Brasil e no exterior em Cirurgia de Catarata a Laser e Cirurgia Refrativa. É colaborador do serviço de residência do Hospital de Olhos do Paraná, onde atua como médico preceptor e cirurgião. Dedica-se ao aperfeiçoamento científico estando atualizado na comunidade científica e participa dos maiores congressos na área.

Hospital de Olhos do Paraná
Rua Coronel Dulcídio, 199 - 1º andar
Batel, Curitiba, Paraná
CEP 80.420-170

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER.

Powered by TNBstudio

Entre en contato