O que é ptose palpebral?

6 de março de 2017
ptose-palpebral

Popularmente conhecida como pálpebra caída, a ptose palpebral é a queda da pálpebra superior e pode estar presente desde o nascimento (ptose congênita) ou se manifestar mais tarde.

Quando ocorre em crianças, a ptose palpebral é um quadro bastante delicado. A criança está em fase de desenvolvimento visual e, especialmente em bebês e crianças menores, qualquer alteração que afete a chegada de estímulo pode prejudicar o desenvolvimento visual.

Uma criança com a visão ocluída pela pálpebra pode ter alteração no campo de visão, indução de grau de astigmatismo, ambliopia (visão preguiçosa), apresentar posição viciosa de cabeça (eleva o queixo para conseguir enxergar melhor), etc.

Se a ptose estiver afetando a visão em desenvolvimento, o tratamento é cirúrgico (cirurgia da pálpebra) e deve ser realizado o mais precocemente possível. Muitas crianças com ptose necessitam de uso de óculos e oclusão para estimular a visão do olho afetado.

Se a ptose tiver comprometimento somente estético e não estiver afetando a qualidade visual, prefere-se esperar o crescimento para a correção cirúrgica. Ocorre que quanto maior a criança, melhor o resultado estético da cirurgia corretora.

Muitas vezes um bebê que passa por uma cirurgia antes de 1 ano de idade tende a ter que repetir a cirurgia mais 2 ou 3 vezes durante seu crescimento, já que a correção não acompanha o crescimento e as modificações palpebrais que ocorrem com ele.

O fundamental é o acompanhamento de perto com um oftalmopediatra e um especialista em plástica ocular para garantir um desenvolvimento visual adequado e um resultado estético satisfatório.

cta-nosso-diferencial-cirurgia-estrabismo

Salvar

Dra Dayane Issaho é oftalmologista pela Universidade Federal do Paraná. Fez especialização em Oftalmopediatria e Estrabismo na Universidade Federal de São Paulo e na University of Texas Southwestern em Dallas, EUA. Possui Doutorado em Oftalmologia pela Universidade Federal de São Paulo. É preceptora do setor de estrabismo da Residência médica do Hospital de Olhos do Paraná. Possui ampla experiência no atendimento oftalmológico infantil e no tratamento clínico e cirúrgico do estrabismo.

Hospital de Olhos do Paraná
Rua Coronel Dulcídio, 199 - 1º andar
Batel, Curitiba, Paraná
CEP 80.420-170

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER.

Powered by TNBstudio

Entre en contato