Miopia e Hipermetropia

4 de junho de 2016
miopia-hipermetropia

A miopia e a hipermetropia são problemas oculares que podem facilmente ser corrigidos. Algumas dúvidas comuns são: quem tem dificuldade em ver de perto é hipermétrope? E quem tem dificuldade para enxergar longe, tem o quê?

Para acabar com essas dúvidas, veja as diferenças entre miopia e hipermetropia, descubra os sintomas e as formas de tratamento.

A pessoa que tem miopia apresenta dificuldade em focar objetos que se encontram distantes de seus olhos. Sua visão percebe com clareza os objetos que estão próximos, mas os objetos que estão distantes ficam embaçados ou parecem estar fora de foco.

Por isso, um adulto míope vai necessitar de óculos para leitura mais tarde do que outras pessoas. Sua miopia compensará a necessidade de óculos nos primeiros anos de presbiopia, que é a dificuldade para focalizar objetos próximos. A presbiopia, também chamada de “braço curto”, é uma dificuldade para enxergar que está relacionada à idade, sendo sua causa o enrijecimento do cristalino, ação essa que ocorre à partir dos 40 anos de vida.

Dentre os sintomas de miopia estão:

  • Aperto dos olhos para enxergar com nitidez
  • Visão embaçada de objetos distantes
  • Fadiga ocular

Outro fato curioso sobre a miopia é que ela pode ser de dois tipos. A corneana ou refracional e a axial.

Na corneana ou refracional o grau encontra-se na córnea. Dessa forma, no olho míope a imagem se forma antes da retina. Já na miopia axial o olho míope pode ter uma córnea normal, mas ter um comprimento axial (eixo) maior que o normal. Esse comprimento aumentado faz, também, a imagem se formar antes da retina.

As pessoas hipermétropes apresentam problema ocular oposto ao que ocorre na miopia. Os objetos que estão distantes dos olhos são focalizados com facilidade e a visão fica turva e embaçada para os que estão próximos. Em alguns casos mais graves de hipermetropia, o paciente apresenta dificuldades para focar os objetos a qualquer distância.

A pessoa com hipermetropia terá dificuldades para ler e escrever e em tarefas que exigem precisão, como por exemplo, já imaginou um relojoeiro hipermétrope?

Os sintomas da hipermetropia são cefaléia, fadiga ocular e a visão fica desfocada principalmente para os objetos próximos aos olhos.

Todo caso de miopia e hipermetropia pode e deve ser tratado. Se você apresenta algum dos sintomas, procure um especialista. Dentre os tratamentos disponíveis está o uso de óculos ou lentes de contato e, mesmo cirurgia a laser. Lembre-se, para descobrir o tratamento mais adequado para você, procure seu oftalmologista.

Dr. Peter é formado pela Universidade Federal do Paraná e tem especialização em Oftalmologia pelo Hospital de Clínicas do Paraná. É mestre em Oftalmologia e Ciências Visuais pela Universidade Federal de São Paulo. Se aperfeiçoou no Brasil e no exterior em Cirurgia de Catarata a Laser e Cirurgia Refrativa. É colaborador do serviço de residência do Hospital de Olhos do Paraná, onde atua como médico preceptor e cirurgião. Dedica-se ao aperfeiçoamento científico estando atualizado na comunidade científica e participa dos maiores congressos na área.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Hospital de Olhos do Paraná
Rua Coronel Dulcídio, 199 - 1º andar
Batel, Curitiba, Paraná
CEP 80.420-170

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER.

Powered by TNBstudio

Entre en contato