Fisioterapia ocular: para que serve?

19 de Maio de 2017

É muito comum pessoas que possuem problemas de coluna, problemas respiratórios ou alterações articulares precisarem de sessões de fisioterapia. Mas, você sabia que existe também um tipo de fisioterapia para os olhos? São os chamados exercícios ortópticos.

A fisioterapia ocular serve para exercitar a musculatura extraocular. Durante as sessões são trabalhados os movimentos oculares de forma a melhorar a função desses músculos.

Quando há indicação de fisioterapia ocular?

Em geral, indica-se as sessões de exercícios ortópticos para algumas situações bem específicas como:

  • Alguns tipos de estrabismo. Somente os desvios latentes e os intermitentes (que não se manifestam a todo momento) pequenos é que podem ser auxiliados pelos exercícios ortópticos.

  • Insuficiência de convergência: trata-se de fraqueza da musculatura responsável pela convergência ocular (movimento dos olhos para dentro), causando dores de cabeça e desconforto nas atividades de leitura para perto.

  • Pós-operatório de cirurgia de estrabismo: em alguns casos, após a cirurgia, os exercícios são recomendados para melhorar ainda mais a função da musculatura a partir de exercícios que trabalhem a visão binocular.

Com o que trabalha a fisioterapia ocular?

Os exercícios tem como objetivo reabilitar qualquer perturbação na motilidade ocular que prejudique a visão binocular, ou seja, que afete o uso simultâneo dos olhos.

São realizados testes sensoriais da visão binocular e suas funções. Por exemplo, avalia-se e são trabalhadas a visão em 3D (visão em profundidade), força muscular, fixação visual, percepção simultânea das imagens, etc.

Em geral, os exercícios são feitos no hospital ou consultório com aparelhos específicos. Existem ainda alguns exercícios que são ensinados e podem ser realizados em casa pelo próprio paciente.

Dra Dayane Issaho é oftalmologista pela Universidade Federal do Paraná. Fez especialização em Oftalmopediatria e Estrabismo na Universidade Federal de São Paulo e na University of Texas Southwestern em Dallas, EUA. Possui Doutorado em Oftalmologia pela Universidade Federal de São Paulo. É preceptora do setor de estrabismo da Residência médica do Hospital de Olhos do Paraná. Possui ampla experiência no atendimento oftalmológico infantil e no tratamento clínico e cirúrgico do estrabismo.

Hospital de Olhos do Paraná
Rua Coronel Dulcídio, 199 - 1º andar
Batel, Curitiba, Paraná
CEP 80.420-170

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER.

Powered by TNBstudio

Entre en contato