7 doenças oftalmológicas que podem afetar os bebês

2 de outubro de 2017
doenças oftalmológicas

Você sabia que existem várias doenças oculares que podem afetar os bebês? Sim, os recém-nascidos podem desenvolver algum problema na visão ou até já nascer com ele. Por isso é importante que toda criança faça na primeira semana de vida o teste do olhinho. Um exame rápido, indolor e sem risco feito pelo próprio pediatra na maternidade e que tem como objetivo detectar diversas patologias oculares. Além disso, é importante uma consulta oftalmológica com dilatação feita por um oftalmopediatra no primeiro ano de vida!

Bebês e crianças pequenas não conseguem expressar as dificuldades visuais de forma clara, como faz um adulto. Assim, cabe aos pais ficarem atentos e observarem pequenos sinais que demonstrem que o seu filho está tendo dificuldade para enxergar. E se você não conhece algumas das principais doenças oftalmológicas que acometem os pequenos, confira quais são elas e os seus principais sintomas.

Alergia Ocular

É o tipo de doença mais frequente na primavera e no inverno. A maioria dos casos de reação alérgica acontece devido a fatores externos – ácaro, pólen, pêlo de animais, entre outros. Os sintomas são: coceira, lacrimejamento, sensibilidade à luz, vermelhidão e inchaço nas pálpebras.

Catarata Infantil

Semelhante à catarata em adultos, a catarata infantil é caracterizada pela perda da transparência da lente do olho (cristalino), que se torna opaco. Neste caso, fatores genéticos podem levar ao desenvolvimento da doença, mas outras enfermidades – rubéola, sífilis e toxoplasmose, também podem levar ao surgimento da doença. Estudos apontam que a catarata congênita afeta 0,4% das crianças, além de ser responsável por cerca de 10% das cegueiras na infância.

Conjuntivite Neonatal

Causada por infecções ou exposição a substâncias irritantes, a conjuntivite neonatal é uma infecção que pode atingir os olhos do bebê nos 30 primeiros dias de vida. Seus principais sintomas são: inchaço na pálpebra, olho vermelho e produção de secreção purulenta na região dos olhos.

Estrabismo

O estrabismo é a doença que provoca o desalinhamento dos olhos. Ele pode ser de 3 tipos: convergente, divergente ou vertical. Em crianças abaixo de 7 anos, o desvio ocular pode levar à outra complicação – a ambliopia (ou visão preguiçosa).

Glaucoma Congênito

Assim como a catarata infantil, o glaucoma congênito é decorrente na maioria das vezes de fatores genéticos. Essa doença aumenta a pressão intraocular e ocorre quando há uma malformação nas estruturas responsáveis por drenar o humor aquoso, que é o líquido de dentro dos olhos. O principal sintoma do glaucoma congênito é a diferença no tamanho de um dos olhos do bebê, que fica maior do que o normal. Sensibilidade à claridade e lacrimejamento também são sintomas comuns. O glaucoma infantil requer tratamento urgente devido ao risco de comprometimento visual.

Retinopatia da prematuridade

A Retinopatia da prematuridade (ROP) é mais comum em bebês que nasceram antes de completar 32 semanas de gestação e pesando menos de 1.500g. Caracterizada pelo mau desenvolvimento dos vasos da retina, se não tratada pode levar ao descolamento dessa estrutura e até mesmo causar cegueira. Sem sintomas aparentes, o diagnóstico desta enfermidade é feito pelo exame de mapeamento de retina por um oftalmologista especializado.

Retinoblastoma

O retinoblastoma é um tumor maligno que altera as células da retina. Em geral, acomete crianças menores de 4 anos e é mais frequente antes dos 2 anos de idade. Esse câncer ocular pode acometer um ou ambos os olhos e pode ser de dois tipos: hereditário ou esporádico (não hereditário).

 

Essas são algumas doenças oculares que podem afetar os pequeninos. Para fazer a prevenção e o acompanhamento da saúde ocular do seu filho, sobrinho ou alguma outra criança, procure um oftalmopediatra. A primeira consulta do bebê deve ser realizada já no primeiro ano de vida, mesmo que ainda não apresente sintomas! Lembre-se: a prevenção é o melhor e mais barato tratamento disponível.

Gostou do texto? Então compartilhe nos comentários. Para mais informações, acompanhe o Portal da Visão no Facebook e no Instagram.

O Portal da Visão Curitiba é um espaço de compartilhamento de notícias e informações sobre a oftalmologia, oftalmopediatria e assuntos de interesse para a área.

Hospital de Olhos do Paraná
Rua Coronel Dulcídio, 199 - 1º andar
Batel, Curitiba, Paraná
CEP 80.420-170

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER.

Powered by TNBstudio

Entre en contato